Construção Civil

< voltar

31/03/2014

Piso Intertravado como opção de pavimento ao invés do uso do Asfalto ou Calçamento.

Totalmente Permeável – Ao contrário do asfalto e do calçamento que impermeabilizam o solo, o piso intertravado é totalmente permeável, isto porque ele é rejuntado com areia pura, sem a adição de argamassa. Ser um piso permeável é muito importante para uma correta absorção das águas nos períodos chuvosos - nosso lençol freático agradece.
 
Pouca Retenção de Calor - O pavimento intertravado não favorece a retenção de calor, ao contrário, ele tende a refletir os raios solares e consequentemente torna o ambiente bem mais fresco e com menor temperatura, este fenômeno se deve ao uso de materiais não condutores de calor em sua fabricação e também por sua cor clara. 
 
Economia de Energia – Por conta de sua cor clara, o pavimento intertravado permite que sejam usadas lâmpadas com potencias menores, mais econômicas, e eficiência equivalente ao que se teria com um pavimento tradicional asfaltado, porém com uma maior economia de energia elétrica.
 
Fácil Manutenção – Por ser um piso encaixado e sem argamassa, o intertravado pode ser facilmente desmontado, isto para uma manutenção no próprio piso ou nas galerias subterrâneas de drenagens, esgoto, água energia e outros. E o melhor é que após a montagem o piso não deixa sinais de que sofreu reparos, ao contrário do asfalto e do calçamento que deixam marcas nos locais em que aconteceram as manutenções.
 
Durabilidade – Durabilidade superior e deformação quase nula são outras vantagens do piso intertravado. Os bloquetes podem ser fabricados em várias espessuras e com composições de concreto diferentes, tudo de acordo com o uso pretendido, ou seja, para uso em calçadas, ruas de tráfego leve, ou em vias de tráfego.
 
O Condomínio Villa De La Roche, em Arapiraca, é o primeiro empreendimento deste tipo em Alagoas a usar pisos intertravados tanto em suas calçadas como em suas ruas.